Considerada a base do cristianismo e o núcleo central do culto cristão, a Basílica de São Pedro no Vaticano é muito mais do que isso. A catedral situada na praça de São Pedro, no centro do estado do Vaticano, é uma das obras de arte religiosas mais importantes do mundo e o maior templo cristão já construído.

Estando em Roma, não é difícil chegar à Basílica, já que o Vaticano se encontra no centro da capital italiana e a catedral é o núcleo da mesma. Sendo assim basta pegar um ônibus que vá até a Piazza Del Risorgimento ou o metrô até a estação Ottaviano.

Chegando na Praça São Pedro já irá se deparar com a Basílica e ficar assombrado com suas dimensões. Subir até sua cúpula é uma dessas oportunidades que não se pode deixar passar, já que dela pode se contemplar uma panorâmica belíssima da praça e de toda a cidade.

Voltando ao solo, a nave central mede 187 metros de largura e 45 metros de altura, coberta por uma grande abóbada. Ao final da mesma chega-se o altar papal que se encontra abaixo da cúpula e acima do túmulo de São Pedro, emoldurado pelo Baldaquino de São Pedro, obra de Berrini em bronze dourado. O Baldaquino tem 30 metros de altura e é sustentado por quatro colunas salomônicas imitando as do Templo de Salomão.

A direita encontra-se a nave da Epístola, famosa porque nela se encontra a “Pietá” de Michelangelo. A esquerda está a nave do Evangelho, acolhendo também diversos monumentos dedicados a figuras destacadas da vida italiana e do cristianismo.

Antes de finalizar a tour, outro lugar que vale a pena ser conhecido é a Tumba dos Papas, onde se encontra as criptas dos últimos papas, inclusive a de João Paulo II.

Tags:

Deixe uma resposta