Quanto custa viajar à Europa?

Quanto custa viajar à Europa?

custo-europa
Ai que vontade de não fazer nada. Só ficar arrumando malas, procurando informações, conversando sobre a viagem, mas a vida continua, pelo menos até a viagem, o barco tem que correr. Faltam 10 dias. Hoje nevou em Paris e fez a alegria dos turistas, ficou muito branquinho, mas parou tudo nas estradas, e nos preocupou um pouquinho, afinal é nossa primeira viagem ao leste de carro, e lá é mais frio do que o lado de Espanha e Portugal, onde estivemos no inverno de 2005/2006.

Mas vamos falar de custos. Bom, eu gostaria muito de poder ficar em hotel 5 estrelas (de vez em quando pelo menos), fazer compras em Champs-Elysées, beber muitos cafés, comprar óculos Gucci, mas vou de mochila mesmo.

Então para render o dinheiro que é contado, precisamos buscar as melhores opções. A passagem é na econômica, e se for mais barato, temos que fazer conexão. Ficamos em albergues, compramos bilhetes econômicos como o Paris Museum Pass, vende no Aeroporto Charles de Gaulle ou em qualquer Fnac, você compra para os dias que irá passear nos pontos turísticos em Paris.

Quando viajamos de trem aproveitamos para fazer viagens noturnas, assim economizamos uma noite de albergue. Outra coisa, caso precise dormir no carro por falta de vaga no albergue ou lugar para ficar, procure postos de gasolina com caminhões ou estacionamento de aeroportos (já aconteceu conosco umas três vezes e foi tranqüilo). Apenas tenha um cuidado redobrado com a Itália ou paises do leste europeu.

Se precisar comprar roupas e não for época de saldão, procure por brechós ou lojas em cidades pequenas que é bem mais barato. Comida em Paris é bem caro, então procuramos por comida chinesa ou turca que enche bem a barriguinha e deixamos para comer melhor na Itália, Espanha, Portugal ou no Leste europeu.

Na Inglaterra sempre preferimos os hotéis de cama e café da manhã, que são em media de 20 pounds e o café é bem caprichado. Na Alemanha os albergues são excelentes também. Na Grécia a gente come muito Gyrus de 2 euros.

Se estiver viajando com 3 pessoas ou mais, alugue um carro e rache os custos, sai mais barato que pagar todos os trens que precisa para viajar pela Europa, além de poder conhecer mais lugares, parar e ir quando quiser. Eu sempre falo que o mais legal do carro é a possibilidade de cair fora de uma cidade que não está curtindo e ficar mais tempo onde está legal. É claro que com o mapa na mão a gente pode optar pelas estradas secundárias e evitar pedágios, principalmente na França e Itália.

O melhor país neste sentido é a Alemanha, pois quase não tem pedágios. Dá para ver pelo nosso trajeto de viagem que pensamos nisto também.  Depois eu conto mais, por enquanto vamos curtindo esta fase pré-viagem de preguiça, até e Boa semana que antecede o Natal 2009!

Deixe uma resposta