Visitando Bordeaux rumo ao Vale do Loire

Visitando Bordeaux rumo ao Vale do Loire


No dia 23 de dezembro partimos de Sabres a Bordeaux. Foram cerca de 100 km e chegamos a tempo do almoço no centro da cidade, visitamos o centro e arredores. Foi uma parada rápida na cidade, pois nosso desfecho do dia seria no Vale do Loire.

Apesar do pouco tempo dedicado a essa cidade, deu para notar que Bordeaux não é apenas a capital do vinho, mas um local com muito para se conhecer, como a bela Pont de Pierre, que foi uma das primeiras pontes a cruzar o Rio Garonne.

Em uma das pontas da ponte está o Arco que dá acesso direto a Av Victor Hugo, caminhando poucos metros pela avenida encontramos a Porta de La Grosse Cloche, o edifício mais representativo da cidade que foi construído no século XV em estilo gótico. Entre suas duas torres cilíndricas se abre um grande arco, onde pende um grande sino de 1775 e logo abaixo um lindo relógio.

A uma pequena caminhada dali, também podemos conhecer a Catedral Saint Andre, a mais importante da cidade. Também de estilo gótico, a igreja foi construída no final do século XI, já a torre Pey Berland que fica ao lado, foi construída no século XV.

As 16 horas partimos de Bordeaux para o vale inspirados pelo post escrito por nossa amiga Priscilla aqui mesmo no Viajando no Mundo, foi um percurso tranquilo, porém com chuva e frio, chegamos no hotel Noctuel nos arredores de Blois por volta das 23 horas, o quarto pequeno, mas limpo e o atendimento simpático. O custo do quarto para 2 pessoas é de 36 euros sem café da manha.

Este hotel é do modelo que funciona 24 horas com recepção eletrônica à noite, muito comum nas cidades da frança. Esta foi a primeira vez que nos hospedamos neste tipo de hotel e pelo preço estava dentro do que imaginávamos que seria.

Neste dia não faltou o vinho Bordeaux que compramos durante o percurso para relaxar antes de dormir e nos preparar para os castelos do Vale.

Deixe uma resposta